Polícia mexicana encontra fentanila suficiente para matar 22 milhões de pessoas

Por Petr Svab

A polícia mexicana descobriu mais de meia tonelada de drogas numa caminhonete, incluindo fentanila suficiente para causar overdose fatal em mais de 22 milhões de pessoas.

A polícia federal e militar mexicana encontraram o carregamento quando pararam uma caminhonete numa rodovia em Ensenada, Baja California, por dirigir sem a placa da frente, informou a polícia num comunicado em 25 de janeiro.

Mais de meia tonelada de drogas ilegais foi descoberta pela polícia mexicana em Ensenada, Baja California, México (Polícia Federal do México)
Mais de meia tonelada de drogas ilegais foi descoberta pela polícia mexicana em Ensenada, Baja California, México (Polícia Federal do México)

O veículo estava cheio até o teto com 620 pacotes, incluindo mais de 415 quilogramas de metanfetamina cristalina, cerca de 45 kg de fentanila, quase 40 kg de cocaína e mais de 7 kg de heroína.

Ensenada fica a cerca de uma hora e meia da fronteira com os Estados Unidos, e as drogas estavam provavelmente indo naquela direção.

Mais de meia tonelada de drogas ilegais foi descoberta pela polícia mexicana em Ensenada, Baja California, México (Polícia Federal do México)
Mais de meia tonelada de drogas ilegais foi descoberta pela polícia mexicana em Ensenada, Baja California, México (Polícia Federal do México)

A fentanila é um opiáceo sintético extremamente potente, cerca de 50-100 vezes mais forte do que a morfina. Apenas 2 miligramas, o equivalente a dois grãos de sal, são geralmente suficientes para matar uma pessoa, de acordo com a Agência de Combate às Drogas (DEA, na sigla em inglês). Isso significa que um carregamento de 45 quilogramas seria suficiente para matar mais de 22 milhões de pessoas, o equivalente a todo o estado da Flórida.

A fentanila e outras drogas análogas estiveram envolvidas em mais de 20 mil mortes por overdose em 2016 nos Estados Unidos, quase um terço das mais de 64 mil mortes por overdose de drogas no ano passado no país.

Um imagem mostrando 2 miligramas de fentanila, um dose letal para a grande maioria das pessoas (DEA)
Um imagem mostrando 2 miligramas de fentanila, um dose letal para a grande maioria das pessoas (DEA)

O cantor e músico Prince morreu de uma overdose de fentanila em abril de 2016, e após a morte de Tom Petty por overdose, fentanila e oxicodona foram encontradas em seu organismo.

A fentanila é usada como anestésico. Mas frequentemente a fentanila é transportada ilegalmente da China e do México, e os traficantes de drogas estão misturando-a com heroína para fortalecer esta outra droga. As mortes relacionadas à fentanila aumentaram quase sete vezes desde 2013 nos EUA, tornando-a agora a droga mais mortal e um dos principais fatores para a epidemia de opiáceos no país.

 
Matérias Relacionadas